Parte III - Terceiro grande movimento

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Parte III - Terceiro grande movimento

Mensagem por Admin em Sex Dez 16, 2016 5:42 pm

raquelandrade escreveu:A estrofe 159 fala de "força e vida" que o assaltam... Há um otimismo nesse momento, uma inundação de esperança... Mas posso estar enganada, pode ser de repente apenas uma euforia passageira, como outrora...

Raquel, acho que você percebeu bem a tônica mais altiva desse final de poema, quando falou em "turning point", em outro momento. Aqui, de fato, há uma duração maior desse movimento ascensional. Os outros pontos de mudança são mais tensionados, segundo aquelo jogo das sístoles e diástoles. Só um detalhe, quanto a isso, é que o poema termina com uma menção a um "grande buraco negro", para onde é preciso descer, para "pescar a língua maléfica da noite" (p. 91). O poeta parece sugerir que não há fechamento, ou seja, que o movimento, com suas idas e vindas, contradições e superações há de continuar.

Admin
Admin

Mensagens : 48
Data de inscrição : 05/12/2016

Ver perfil do usuário http://desvios.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte III - Terceiro grande movimento

Mensagem por raquelandrade em Sex Dez 16, 2016 5:45 pm

Admin escreveu:
raquelandrade escreveu:A estrofe 159 fala de "força e vida" que o assaltam... Há um otimismo nesse momento, uma inundação de esperança... Mas posso estar enganada, pode ser de repente apenas uma euforia passageira, como outrora...

Raquel, acho que você percebeu bem a tônica mais altiva desse final de poema, quando falou em "turning point", em outro momento. Aqui, de fato, há uma duração maior desse movimento ascensional. Os outros pontos de mudança são mais tensionados, segundo aquelo jogo das sístoles e diástoles. Só um detalhe, quanto a isso, é que o poema termina com uma menção a um "grande buraco negro", para onde é preciso descer, para "pescar a língua maléfica da noite" (p. 91). O poeta parece sugerir que não há fechamento, ou seja, que o movimento, com suas idas e vindas, contradições e superações há de continuar.

Creio que esta postura do poeta seja bem realista, especialmente em se tratando de uma (re)construção de identidade, tanto individual como coletiva. Não há, realmente, como conseguir fazê-lo de forma definitiva, é um processo constante...

raquelandrade

Mensagens : 61
Data de inscrição : 09/12/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte III - Terceiro grande movimento

Mensagem por Admin em Sex Dez 16, 2016 5:48 pm

iurybelchior escreveu:É um movimento espiral que se esgota ou se espraia. Ele parte das negações (120) e vai em busca do que ela - a negritude - possa ser. O interessante é que o extremo desse ponto de fusão que atinge o seu uso do NÓS (180) aniquila com a velha noção de identidade. Durante o percurso, cada vez mais ele está aberto. Mesmo assim, esse fenômeno de "aberturidade" não destrói por completo o que poderíamos reconhecer como um particular. Por isso pensei num espiral. Essa amplitude em matéria de tendências universais, do famigerado paradoxo de ser gota dágua no oceano, representa, penso eu, um movimento de ser via não-sendo. Seria como se pensássemos no caso clássico do não ente para a filosofia. Um ser que é não-sendo. É claro que aqui falo de forma subjetiva o que o poeta demonstra com movimentos muito sinuosos, compondo belas imagens. O grande problema disso é que se tentarmos validar uma tese nas suas colocações certamente ela nos escapará. A poesia não tem compromisso com o logos. Isso não significa que a negritude não possa ser pensada através da mesma. Só através dessas peripécias poéticas é que ela pode ser refletida. A negritude se eleva a noção de um não-pensamento.

A presença do NÓS, assim grafado, no final do poema, é realmente relevante. O sujeito e o país, o coletivo, estão juntos: "E estamos de pé agora, meu país e eu, os cabelos ao vento, minha mão pequena agora no seu punho enorme e a força não está em nós, mas acima de nós" (p. 79). Esse final da citação, inclusive, indica uma relação que, não necessariamente implicando o desaparecimento do eu, a aniquilação da identidade, aponta para algo além.

Admin
Admin

Mensagens : 48
Data de inscrição : 05/12/2016

Ver perfil do usuário http://desvios.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte III - Terceiro grande movimento

Mensagem por Admin em Sex Dez 16, 2016 5:49 pm

Bem, acho que convém encerrar...

Admin
Admin

Mensagens : 48
Data de inscrição : 05/12/2016

Ver perfil do usuário http://desvios.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte III - Terceiro grande movimento

Mensagem por Admin em Sex Dez 16, 2016 5:56 pm

Espero que tenham sido proveitosos, o debate e o curso, de modo geral. De minha parte, só tenho a agradecer a sua colaboração para que tudo corresse bem, apesar das dificuldades. Nesses tempos duros que estamos enfrentando e que parecem que ainda podem piorar (A hard rain's a-gonna fall), apostar na poesia ainda pode ser um bom caminho. Boas férias, bom descanso, boas festas, meus caros.

Admin
Admin

Mensagens : 48
Data de inscrição : 05/12/2016

Ver perfil do usuário http://desvios.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte III - Terceiro grande movimento

Mensagem por AlineSilvAraujo em Sex Dez 16, 2016 5:57 pm

Eu fiquei um pouco perdida, pois é a primeira vez que participei desse fórum. As leituras e apontamentos de vocês me ajudaram a "clarear" alguns pontos que eu realmente não tinha pensado. Acho que terei que ler o poema novamente...rs

AlineSilvAraujo

Mensagens : 8
Data de inscrição : 15/12/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte III - Terceiro grande movimento

Mensagem por raquelandrade em Sex Dez 16, 2016 5:58 pm

Foram muito proveitosos, tanto o debate quanto o curso, sem dúvida! E viva a poesia e o pensar poético! Feliz Natal e um 2017 melhor que 2016, para todos!

raquelandrade

Mensagens : 61
Data de inscrição : 09/12/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte III - Terceiro grande movimento

Mensagem por AlineSilvAraujo em Sex Dez 16, 2016 6:00 pm

Admin escreveu:Espero que tenham sido proveitosos, o debate e o curso, de modo geral. De minha parte, só tenho a agradecer a sua colaboração para que tudo corresse bem, apesar das dificuldades. Nesses tempos duros que estamos enfrentando e que parecem que ainda podem piorar (A hard rain's a-gonna fall), apostar na poesia ainda pode ser um bom caminho. Boas férias, bom descanso, boas festas, meus caros.
Obrigada, boas festas para todos vocês também! Fiquei desorientada aqui, mas os apontamentos de todos me ajudaram bastante a compreender melhor as camadas do textos. Abraço!

AlineSilvAraujo

Mensagens : 8
Data de inscrição : 15/12/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte III - Terceiro grande movimento

Mensagem por iurybelchior em Sex Dez 16, 2016 6:08 pm

O fórum foi cansativo, mas foi muito proveitoso. As dificuldades nos fizeram explorar mais nossas potencialidades.

A disciplina me propiciou a leitura de textos que serão muito importantes pra dissertação. Em um programa pequeno como o nosso, isso foi um milagre!

Obrigado, Bernardo, mais uma vez. Obrigado a todos que tiveram paciência com minha tagarelice e devaneios.

Feliz 2017 a todos nós! E um Brasil melhor, vamos sonhar. Abraços...

iurybelchior

Mensagens : 37
Data de inscrição : 09/12/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte III - Terceiro grande movimento

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum